Centro Experimental da Lagoa Seca

Lagoa Seca Experimental Center

Onde fica?/ Where is it?

O Centro Experimental da Lagoa Seca, situa-se próximo da bacia hidrográfica da Lagoa das Furnas, no concelho da Povoação e pertence ao Serviço de Desenvolvimento Agrário de São Miguel, departamento do Governo Regional dos Açores.

Este centro possui uma área total aproximada com pouco mais de 2 hectares (20 456 m2), dos quais quase metade da área (8 505 m2) é constituída por floresta e integra um pequeno trilho que termina junto ao Miradouro do Lombo dos Milhos, que fica situado a 330 metros de altitude numa elevação do vale, de onde se avista a freguesia.

The Experimental Center of Lagoa Seca is located near the watershed of Lagoa das Furnas, in the municipality of Povoação and belongs to the Agricultural Development Service of São Miguel, a department of the Regional Government of the Azores.

This center has a total area of ​​approximately 2 hectares (20,456 m2), of which almost half of the area (8,505 m2) is made up of forest and includes a small trail that ends next to the Lombo dos Milhos viewpoint, which It is located at an altitude of 330 meters in an elevation of the valley, from where you can see the parish.

Vista geral do Centro Experimental da Lagoa Seca/General view of the Lagoa Seca Experimental Center

Vista para a freguesia das Furnas do Miradouro do Lombo dos Milhos/ View to the parish of Furnas from the Miradouro do Lombo dos Milhos

Coordenadas do Centro Experimental

Latitude: 37°45’47.00″N

Longitude: 25°19’3.94″W

O que é?/ What is it?

O Centro Experimental da Lagoa Seca é também designado por Viveiro da Lagoa Seca por ter sido, na década de 70, o local de propagação e produção de espécies ornamentais e florícolas para plantação das estradas regionais e venda de plantio para jardins particulares. Nos últimos 40 anos, este centro tem sido vocacionado para a experimentação frutícola, tendo sido instaladas culturas frutícolas adaptadas ao local, nomeadamente, ameixeiras, macieiras, pereiras e kiwi para observação e seleção de variedades. Numa fase inicial, o fomento frutícola envolvia a propagação e cedência gratuita de plantas enxertadas, a produtores interessados e instalação de pomares experimentais particulares.

Atualmente, este Centro Experimental tem como principal função a manutenção de campos de plantas-mãe de variedades regionais de fruteiras típicas da região, sendo que, muitas das variedades encontram-se em extinção, particularmente as macieiras. Estes campos de plantas-mãe são mantidos para observação contínua do comportamento das cultivares e para cedência de material vegetativo a produtores interessados, para instalação de novos pomares. Para além disso, este centro experimental serve de observatório da adaptação de porta-enxertos e variedades, cujo trabalho serve de base ao aconselhamento técnico junto dos produtores.

The Experimental Center of Lagoa Seca is also known as Viveiro da Lagoa Seca = Nursery of Lagoa Seca for having been, in the 70s, the place of propagation and production of ornamental and floricultural species for planting on regional roads and sale of planting for private gardens. In the last 40 years, this center has been dedicated to fruit experimentation, having installed fruit crops adapted to the place, namely plum, apple, pear and kiwi trees for observation and selection of varieties. In an initial phase, fruit promotion involved the propagation and free transfer of grafted plants to interested producers and the installation of private experimental orchards.

Currently, this Experimental Center has as its main function the maintenance of fields of mother plants of regional varieties of fruit trees typical of the region, and many of the varieties that are in extinction, particularly the apple trees. These fields of mother plants are maintained for continuous observation of the behavior of the cultivars and for the provision of vegetative material to interested producers, for the installation of new orchards. In addition, this experimental center serves as an observatory for the adaptation of rootstocks and varieties, whose work serves as the basis for technical advice to growers.

Zona de produção de plantas em canteiro/Plant production zone in flowerbed

Variedades de maçã regional: Reineta parda (em cima) e Vieira (em baixo)/Regional apple varieties: Reineta parda (top) and Vieira (bottom)

Frutos de ameixa em desenvolvimento/Plum fruit in development

Pormenor das flores de kiwi fêmea na fase de vingamento dos frutos/Detail of female kiwi flowers in the fruit setting stage

Plantação de kiwi conduzido em latada horizontal de onde se retira o material vegetativo/Kiwi plantation conducted in a horizontal trellis from which the vegetative material is removed

Plantio de kiwi propagado via estacaria/Kiwi plantation propagated via cuttings

A seriedade e validade dos dados recolhidos dependem do bom senso de quem visita o Centro, pelo que não é permitida a recolha de material vegetal e de frutos, sem autorização prévia.

The seriousness and validity of the data collected depend on the common sense of those who visit the Center, so it is not allowed to collect plant material and fruits without prior authorization.

Marcação e identificação de macieiras recém-plantadas para constituição de campo de pés-mães/Marking and identification of newly planted apple trees to constitute a field of mother plants

Para além dos trabalhos aqui desenvolvidos, este centro serve de suporte em termos de demonstração prática para diversas formações ministradas pelo Serviço de Desenvolvimento Agrário, sobretudo na área da fruticultura.

As técnicas de produção e manutenção das culturas aqui desenvolvidas primam pela preservação e conservação da biodiversidade, estando em desenvolvimento o processo de certificação deste Centro no Modo de Produção Biológico.

In addition to the work carried out here, this center serves as support in terms of practical demonstration for various training given by the Agricultural Development Service, especially in the area of ​​fruit growing.

The techniques of production and maintenance of the cultures developed here stand out for the preservation and conservation of the biodiversity, being in development the process of certification of this Center in the Organic Production Mode.

Abelha do mel (Apis mellifera) a polinizar flores de ameixeira/Honey bee (Apis mellifera) pollinating plum blossoms

A casa existente neste local foi construída nos anos 90 como local de apoio aos trabalhadores, e serviu, durante um curto período de tempo de local de pernoita aos fins de semana para funcionários do Serviço.

The existing house on this site was built in the 1990s as a support place for workers, and served, for a short period of time, as an overnight stay place on weekends for Service employees.

Casa de apoio ao centro/Central support house

Para além das fruteiras, observam-se neste local diversas espécies arbóreas e arbustivas ornamentais, destas, uma coleção de camélias (Camellia japonica) dispersa em vários núcleos; azáleas (Rhododendron simsii), hortênsias (Hydrangea macrophylla), Hydrangea (Hydrangea paniculata), planta do chá (Camellia sinensis L.), rododendros (Rhododendron arboreum Sm.), magnólia chinesa (Magnolia soulangeana), magnólia de cheiro-a-banana (Michelia figo Lour.), corticeira (Erythrina crista-galli), faia europeia (Fagus sylvatica L.), ácer japonês (Acer palmatum), castanheiro (Castanea sativa Mill.), nogueira pecã (Carya illinoinensis), entre outras.

In addition to the fruit trees, several ornamental tree and shrub species can be observed in this place, including a collection of camellias (Camellia japonica) dispersed in several nuclei; azaleas (Rhododendron simsii), hydrangeas (Hydrangea macrophylla), tea plant (Camellia sinensis L.), rhododendrons (Rhododendron arboreum Sm.), Chinese magnolia (Magnolia soulangeana), banana-scented magnolia (Michelia figo Lour.), cockspur coral tree (Erythrina crista-galli), European beech (Fagus sylvatica L.), Japanese maple (Acer palmatum), chestnut (Castanea sativa Mill.), pecan (Carya illinoinensis), among others.

Fotos de algumas das camélias (Camellia japonica) que compõem a coleção/Photos of some of the camellias (Camellia japonica) that make up the collection

Hydrangea (Hydrangea paniculata)

Ácer japonês (Acer palmatum)/Japanese maple (Acer palmatum)

 

Quando visitar?/When to visit?

Este local está aberto ao público podendo ser visitado de segunda a sexta no horário contínuo das 8:00h às 16:00h, salvo exceções pontuais de não abertura por deslocação da equipa de trabalho.

Poderão ser agendadas visitas guiadas por grupos escolares ou particulares em função da disponibilidade e mediante solicitação prévia.

This place is open to the public and can be visited from Monday to Friday during continuous hours from 8:00h to 16:00h, except for occasional exceptions of non-opening due to displacement of the work team.

Guided tours by school groups or individuals can be scheduled depending on availability and upon prior request.

Contatos/Contacts

Morada da Sede/ Head office address

Serviço de Desenvolvimento Agrário de São Miguel

Quinta de São Gonçalo

9500-343 Ponta Delgada

Contato telefónico/ Phone number: 296 204 300

E-mail: info.sdasm@azores.gov.pt